Filosofia Jurídica Pós 1945 – Sobre a História do Pensamento Jurídico na República Federal da Alemanha

Hasso Hofmann.  Tradução Italo Roberto Fuhrmann

A obra “Filosofia Jurídica Pós 1945” retrata, de forma crítica e abrangente, os caminhos trilhados pela Academia e pelo Poder Judiciário alemão, em especial pela judicatura do seu Tribunal Constitucional, após 1945. Sem incorrer em hermetismos abstrusos, o professor Hofmann nos apresenta os principais teóricos do Direito e da Filosofia Jurídica que construíram a atual concepção jurídica prevalecente na Alemanha. O autor divide esse desenvolvimento teórico e dogmático em quatro etapas, a saber: a “renascença” do Direito natural nos anos de consolidação da sociedade alemã ocidental (parte I), seguida por um período de reformas sociais e de planos legislativos, que culminou com uma onda de modernizações do pensamento jurídico sob o lema “teoria jurídica” ao invés de “filosofia jurídica” (parte II). Posteriormente, frente ao início da crise do Estado social, a filosofia prática retornou, contra todas as análises teóricas do Direito, na condição de conceito central da Justiça, sobretudo da Justiça social (parte III). E, por fim, o autor analisa a etapa contemporânea, ou seja, a chegada da Alemanha reunificada na sociedade globalizada, e que vivencia atualmente a discussão sobre a universalidade da concepção de direitos humanos (parte IV).

72p.
ISBN: 978-65-87424-09-5
DOI: 10.36592/978-65-87424095