Pesquisador-Fundador do CDEA recebe a Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha

O professor Cléo Vilson Altenhofen, pesquisador-fundador do CDEA e professor titular do Departamento de Línguas Modernas do Instituto de Letras da UFRGS, foi agraciado com a Ordem do Mérito da República Federal da Alemanha, em alemão Verdienstorden der Bundesrepublik Deutschland (Bundesverdienstkreuz). Trata-se da mais alta condecoração concedida pelo governo da Alemanha em reconhecimento a serviços prestados em diversos campos do conhecimento e da sociedade.

Altenhofen coordena a rede de pesquisa internacional Alma-Diversität (https://www.ufrgs.br/projalma/), que reúne pesquisadores em torno do projeto Atlas Linguístico-Contatual das Minorias Alemãs na Bacia do Prata: Hunsrückisch (ALMA-H), uma iniciativa binacional desenvolvida com o professor Harald Thun, da Universidade de Kiel, com o apoio da Fundação Humboldt e em parceria com o Centro de Estudos Europeus e Alemães (CDEA –UFRGS/PUCRS). Os pesquisadores desta rede dedicam-se ao estudo do plurilinguismo, variação e contatos de línguas minoritárias.

Ao celebrar “uma inesperada notícia boa em meio a tantas notícias tristes devido à pandemia de covid-19” – como define o momento em que soube da homenagem –, o professor Altenhofen faz questão de destacar que o reconhecimento é uma conquista de todos os pesquisadores que integram seu grupo e com quem ele trabalha e que sua importância é para a área da Sociolinguística. Conforme ressalta, é “preciso pensar na sustentabilidade da área mais do que nos interesses particulares”. O professor diz procurar ter uma mentalidade plural, valorizar a diversidade, trabalhar com uma mentalidade de inclusão, contemplando as diferentes visões de mundo e a história dos povos.