Carregando Eventos


« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

VII Conferência CDEA 2022 – “A Pessoa Idosa como Sujeito de Direitos Humanos”

23 maio - 11:00 até 12:00

Detalhes

Data:
23 maio
Hora:
11:00 até 12:00
Categoria de Evento:

Organizador

CDEA
Website:
www.cdea.tche.br

A população idosa, que tem aumentado consideravelmente nos últimos no Brasil e no mundo, possui um perfil bastante heterogêneo, abrangendo todas as pessoas dos 60 anos, com características culturais, econômicas e sociais bastante distintas. No Brasil, embora os direitos dos idosos tenham sido formalmente reconhecidos com a Constituição Federal de 1988, com a Política Nacional do Idoso e com a elaboração do Estatuto do Idoso, ainda permanecem preconceitos ou estereótipos que negam, infantilizam ou excluem a pessoa idosa.

Na sociedade de consumo atual, a exclusão e a vulnerabilidade da pessoa idosa são ainda mais agravadas pelo crescente endividamento dessa população, impactada, em grande medida, pelo assédio ao crédito consignado para aposentados e pensionistas.

Nesse contexto, o CDEA promove a VII Conferência CDEA 2022 intitulada “A Pessoa Idosa como Sujeito de Direitos Humanos”, que será realizada na modalidade on-line. O evento busca debater o reconhecimento do idoso um sujeito de direitos humanos.

Tendo como coordenadores a professora Dra. dr. h.c. Claudia Lima Marques (PPGD UFRGS/CDEA) e o Prof. Dr. Johannes Doll (PPGEdu UFRGS, Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento UFRGS, CDEA), a palestrante será proferida pela Profa. Dra. Bibiana Graeff (IEA USP) e a debatedora será a Profa. Carolina Sampaio Pinheiro De Castro Zacher (Defensora Pública/RS).

CERTIFICADO:

Durante o evento será disponibilizado um formulário on-line para a efetivação da presença. A atividade terá certificação de 1h. Para informações sobre a emissão do certificado, clique aqui

ACESSO:

O evento será transmitido na plataforma Mconf/UFRGS. Para acesso, basta clicar no link ou através do QR code no card acima.

SOBRE A PALESTRANTE :

Possui graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002), mestrado em Direito Ambiental (Dea Droit de lenvironnement) pelas Universités de Paris 1 – Panthéon Sorbonne e de Paris 2, Panthéon-Assas (2003) e doutorado em Direito pela Université de Paris 1, Panthéon-Sorbonne, e pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008), em regime de co-tutela. A tese de doutorado aborda a gestão dos serviços públicos de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em Direito Comparado, no Brasil e na França.

É professora adjunta da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Leciona, entre outras disciplinas na graduação em Gerontologia da EACH: "Direitos Humanos e Envelhecimento", atuando igualmente nas áreas do Direito Ambiental e do Direito Internacional Público. Suas principais pesquisas versam atualmente sobre os Direitos do Refugiado Idoso no Brasil e sobre o programa "Cidade Amiga do Idoso". É vice-presidente do Instituto de Direito Comparado Brasil França.